sexta-feira, 19 de abril de 2013

Compre Vinhos prova que é possível ter lucro mesmo vendendo mais barato

> Time da Compre Vinhos tem na linha de frente
Rafael Zardo (E) e o técnico Vanderlei Luxemburgo
Criado há exatamente um mês, o site Compre Vinhos promete dar muita dor de cabeça à concorrência e ser um alívio ao bolso dos consumidores. Sem vergonha de revelar que trabalha com uma margem de lucro de até 100%, o empresário Rafael Zardo consegue exibir-se comparando os preços de seus vinhos ante a concorrência. Ficou a noite inteira da última segunda-feira (dia 8) fazendo isso no seu notebook, num encontro com a Confraria Bom Vin, na Vinum Enoteca em Porto Alegre. Em geral, os valores dos rótulos expostos no seu site são a metade dos seus concorrentes [ver comparação abaixo]. E todos são mais baixos do que seus rivais, numa média de 20% a 30% a menos. Os confrades presentes – a maioria jornalistas e sommeliers – ficaram de queixo caído. Ao invés de censurar a sua ganância em trabalhar com uma margem de até 100%, aprovaram a coragem de praticar preços muito menores do que outros sítios virtuais.

> Luxa: paixão por vinhos tintos
Os “preços baixos” praticados pelo site Compre Vinhos é o que mais chama a atenção no negócio, depois que esquecemos a curiosidade e a tietagem em torno do seu sócio-investidor mais famoso – o técnico de futebol Vanderlei Luxemburgo, ex-seleção brasileira, Real Madrid, Flamengo, Cruzeiro, Palmeiras, Atlético Mineiro, entre outros clubes, e atualmente no Grêmio. Luxemburgo chegou ao evento quando o quarto dos cinco vinhos estava sendo aberto [confira a lista completa abaixo]. E decretou: “Queremos democratizar o consumo de vinho no Brasil, cobrando valores mais compatíveis com o mercado internacional”, disse, carimbando tudo que seu sócio dizia. “É claro que queremos ganhar dinheiro e ter sucesso com o nosso negócio, mas para isso não vamos trabalhar com margens exageradas”, emendou.

O “milagre” da Compre Vinhos tem explicação. Primeiro, Rafael Zardo é representante para o Sul do Brasil das oito importadoras com quem trabalha no site (Vinho Sul, Franco Suissa, Ravin, Berenguer, Hannover, Da Confraria, De Vinum e Del Maipo). Isso lhe traz uma boa vantagem competitiva na compra dos rótulos estrangeiros. Mas este benefício não é exclusividade sua. Outros empresários do ramo também têm. Segundo, a Compre Vinhos não inclui o frete nas compras. Ou seja, o transporte não está embutido no preço do vinho. O site ainda não manda revista ou outros pequenos benefícios que fazem encarecer o custo final dos vinhos dos concorrentes. Entretanto, a grande e maior diferença é mesmo a margem de lucro!

Como digo há tempos, a alta carga tributária não é responsável, sozinha, pelos altos preços dos vinhos no Brasil. Como em qualquer outro setor, a combinação de impostos elevados, “Custo Brasil” e “Lucro Brasil” é o que nos faz pagar mais caro sobre qualquer coisa em comparação com alhures. Para não falar só de vinhos, um Honda City produzido em Sumaré, São Paulo, é vendido aqui por R$ 53,6 mil e no México a R$ 33,5 mil. Descontadas as diferenças de impostos, o City custa R$ 6,5 mil a mais aqui do que no México, graças ao “Lucro Brasil”.

Mais do que impostos escorchantes e logística deficiente, a culpa dos vinhos caros no Brasil é a tal da “mais valia” definida por Karl Marx – cujo pai, aliás, era proprietário de vinhedos no início do século 19 na região de Mosel, na AlemanhaPara ser direto: o problema é a margem de lucro colocada nos rótulos estrangeiros que chegam ao Brasil, um país onde o vinho custa de 10 a 30 vezes mais caro do que na origem. Quem viaja o mundo sabe. E não suporta mais esta realidade. Até um conhecido crítico de vinhos, que durante anos debateu comigo dizendo que os impostos eram culpados pelos altos preços dos vinhos no país, acaba de se render aos meus argumentos. Também ele não aguenta mais os lucros de quem vende vinho no Brasil. Não revelo seu nome porque o e-mail foi privado. 


“Nas conversas e perguntas de leitores e ouvintes, noto claramente que o alto preço dos vinhos não está diretamente associado à tributação. Eles até admitem que taxas e impostos são elevados, mas cada vez mais acreditam que é ganância dos produtores e importadores”, escreveu este famoso crítico, aliás, um profundo conhecedor de vinhos. Disse mais: “o consumidor brasileiro, na medida em que começou a viajar mais, se deu conta que o preço do vinho no Brasil, nacional e importando, é absurdo. Essa noção tem feito com que o consumo venha caindo em vez de aumentar. Dentro de uma visão otimista, sempre defendi a tese que quem gosta de vinho não vai deixar de beber. Baixa um pouco o padrão, mas continua comprando. Não está (mais) sendo assim. O brasileiro está até migrando para outras bebidas, caso das cervejas premium, cujo consumo e importações têm aumentado”.

É isso que a Compre Vinhos vem combater – o alto preço do vinho. Vale repetir: com uma margem de lucro de 100% em média! Mas seus preços são tão menores do que os concorrentes que os consumidores até acham uma pechincha. Vida longa a Compre Vinhos. E que os seus concorrentes sigam o mesmo caminho e baixem seus lucros para vender mais. Só assim o saudável hábito de consumir vinhos com moderação poderá crescer no Brasil, beneficiando a todos.

Compare os preços dos rótulos mais vendidos da Compre Vinhos com outros sites

=> LYM 2006 – R$ 57,90 na Compre Vinhos e R$ 133,00 (outros sites) | Diferença 128%

=> Ragazza Merlot 2007 – R$ 47,76 na Compre Vinhos e R$ 89,90 (outros sites) ) | Diferença 88%

=>Enrique Foster Ique Malbec 2009 – R$ 33,75 na Compre Vinhos e R$ 63,18 (outros sites) | Diferença 87%

=>Rayun Premium 2008 – R$ 94,37 na Compre Vinhos e R$ 176,64 (outros sites) | Diferença 87%

=>Gimenez Mendez Alta Reserva Arinarnoa 2007 – R$ 26,87 na Compre Vinhos e R$ 50 (outros sites) ) | Diferença 86%

=>Pinot Grigio Collezione 2010 – R$ 29 Compre Vinhos e R$ 47 (outros sites) ) | Diferença 62%
=>Quinta De Baixo Grande Escolha 2005 – R$ 97,27 na Compre Vinhos e R$ 158 (outros sites) ) | Diferença 62%

Vinhos degustados na Confraria Bom Vin e à venda na Compre Vinhos

=>I Latina Carmenere 2009 – R$ 99,00 na Compre Vinhos e R$ 134 (outros sites) | Diferença 35%

=>Gran Araucano Cabernet Sauvignon 2009 – R$ 129,31 na Compre Vinhos e R$ 166 (outros sites) | Diferença 28%

=>Perez Cruz Quelen 2008 – R$ 195,50 na Compre Vinhos e R$ 259 (outros sites) | Diferença 32,5%

=>La Croix de Saint Jean Lo Paire 2006 – R$ 69,57 na Compre Vinhos e R$ 140 (outros sites) | Diferença 101%

=>Viu Manent Vibo Malbec –
 R$ 167,33 na Compre Vinhos e R$ 215 (outros sites) | Diferença 28,5%

> Os cinco vinhos vendidos pela Compre Vinhos e degustados por integrantes da Confraria Bom Vin

10 comentários:

  1. Belo post Orestes
    Quem sabe não iniciamos uma nova etapa no comércio de vinhos no Brasil - especialmente, com preços mais atrativos para o consumidor.
    Um forte abraço
    Tiago Bulla
    www.universodosvinhos.com


    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela matéria.

    www.VINHOBR.com.br

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, Tiago e VinhoBR. Abraços e saúde! OAJ

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela matéria,ótima iniciativa do pessoal da Compre Vinhos,só achei o frete deles um tanto salgado.

    Abraço!

    Marcello Galvão
    www.agendadevinhos.com

    ResponderExcluir
  5. Obrigado, Marcello Galvão. Sobre o frete, que tu considera um tanto salgado, gosto do fato de ele estar separado do preço do vinho. Assim podemos saber quanto é o frete e quanto é o vinho. Mas falei agora com o Rafael Zardo e ele me disse que o preço deve cair semana que vem, devido a uma nova parceria com os Correios. Mais uma boa notícia, né? Abraços e obrigado pela participação aqui. Saúde! OAJ

    ResponderExcluir
  6. Qual teu e-mail de contato Marcello Galvão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima notícia sobre o frete Orestes!
      Fiz uma compra no Makro Speciale de 6 garrafas que chegaram pelo correio com um preço de frete bem em conta,11 reais,creio que eles também devem ter parceria com os Correios.segue abaixo meu email!

      marcellogalvao1@hotmail.com

      Abraço!

      Excluir
  7. Muito boa a matéria Orestes! Nós da www.comprevinhos.com agradecemos.

    Caros leitores, estou a disposição para responder a qualquer dúvida que possa surgir ...

    Att.; Rafael Zardo

    ResponderExcluir
  8. Boa matéria Orestes!

    Saúde e bons vinhos!

    Ewertom Cordeiro
    qvinhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir